sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

TRISTE


Quero andar contigo lentamente
na memória
na essência de meus versos

E acreditar
Que não há mil rostos pedindo guarida 
e mil infelicidades


E tu que me dizes
Meu amor...


Maria Luísa Adães





Visualizações :   9

domingo, 23 de dezembro de 2018

POETA

Sou um poeta                                      
Oferecido por  Gladys

que nunca acabou de cantar
Magoado
Perdido
Esquecido

Espera por mim um dia
Mas devagar sem devaneios constantes

De amores impossíveis
Desmedidos 
Absurdos 
Irreais.  

Meus olhos fixam o Universo
Meu coração pára no deserto
De antigos esplendores.
   -------------------

E com isto que escrevo
desejo Natal Feliz para todos,


Maria Luísa Adães

23-12-2018


Visualizações :   17

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Um Sonho menos bom

Entrei num caminho de dizer Adeus             
Eles brincavam, conversavam uma conversa que encantava!
com uma luz a brilhar muito ao fundo
e vozes me chamavam e diziam
Eu estou aqui, eu não respondia
a dor do amor comandava
o voo insólito não me olhava
e me aproximava de luzes
que mostravam sombras de vidas passadas
E meu amor onde estava
Qual o caminho traçado por ele
e não encontrado por mim

E desci
sem saber a razão da descida
num local ermo de fantasia
mas eu não voava
não mais podia voar
E alguém dizia
Tu podes voar
tu podes voar
eu não acreditava

Tu estavas ao longe
finalmente te encontrava
não podia voar para ti
tu não voavas para mim
linhas paralelas nos separavam
E descobri que sonhava
e não era um sonho belo

E assim,
deixei minha sede e meu fulgor de amar
mas corri, fortemente corri
Por ti
E para ti

Com este amor maior do que o tempo!


Maria Luísa Adães


Visualizações :  51

terça-feira, 26 de dezembro de 2017

TEMPO DE AMOR

Tempo De Amor

Para todos a quem conheci e perdi

NATAL E ANO NOVO FELIZ



Maria Luísa Adães

Final do Ano de 2017


Como sempre e sem escrever
Eu, Maria Luisa
Estou presente

E se não voltar
Acreditem no que digo

VOLTO SEMPRE!

Maria Luísa





Visualizações :  20

sexta-feira, 5 de maio de 2017

Eu venho!

   


E finalmente eu venho
e tenho permissão de ser quem sou
Na minha última solidão!




Visualizações :  14


Maria Luísa Adães
     
Selke Leon/ Facebook

sábado, 8 de abril de 2017

CÁLICE



                                 
Selke Leon/ Facebook



QUE O FUTURO

NÃO NOS SEJA INDIFERENTE!



Maria Luísa Adães




Visualizações :  19

quinta-feira, 16 de março de 2017

CHALICES






     
                                                 


                                                                               ENCANTO!          
                                               

                                                                          Maria Luísa Adães


Visualizações :  18
                                                                From:  SELKE LEON/ Facebook

quarta-feira, 15 de março de 2017

O deus do Amor!

               
Selke Leon/ Facebook


CUPIDO

O deus do amor!


Maria Luísa Adães



Visualizações :  12

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

ESPERO!

INTERNET



Não há estrelas a brilhar
Hoje não há

Mas eu vou esperar
Como um destino que tenho de cumprir

Levo comigo a Flor
Que acabaste de mandar!


Maria Luísa Adães


Visualizações : 17

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

OLHA...

Atravessar a Ponte! Carmen Fernandez
 





Olha em frente
fica ligada ao universo
e vence a batalha
dos espaços vazios
Que se cruzam em teus passos!


Maria Luísa Adães








Visualizações :  18

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

BEIJO

São Paulo/Brasil
E assim 
Reconstruimos o mundo

Em que escrevemos
Em que vivemos!


Maria Luísa Adães


Visualizações :   8

terça-feira, 1 de novembro de 2016

SAUDADE

Maria Luísa Adães




EM LOUVOR DOS AUSENTES...



Maria Luísa Adães
Visualizações :  11

domingo, 30 de outubro de 2016

PAZ

Maria Luísa Adães
Procuro sempre a PAZ

Num Mundo em convulsão!


Maria Luísa Adães


Visualizações :  13

domingo, 9 de outubro de 2016

Contagem do Tempo

Imagem Selke Leon
Contagem do Tempo


A elegância me enredou 
num véu de mistério

Fiz uma viagem
num caminho de adeuses

Horas dolorosas
emoções silenciosas
horas sem tempo

Mas...
há uma força que me prende
um som de vida
de ventura e encanto

E és tu, meu amor!


Maria Luísa Adães


Visualizações :  2

domingo, 25 de setembro de 2016

Google+

Maria Luísa Adães



Escrever no google - Mais -

Se tornou quase impossível
o entendo cada vez menos
Tenho estado ausente e estou perdida num contexto, sempre em  MUDANÇA
                                 LAMENTO!

                                 Maria Luísa Adães